Lipoaspiração

lipoaspiracao

Técnica cirúrgica das mais avançadas, a Lipoaspiração alcança resultados os mais naturais, já que, apenas removendo gorduras localizadas, aprimora as linhas estéticas do corpo sem violentar-lhe a natureza anatômica. A Lipo é indicada para corrigir qualquer região do corpo em que exista gordura localizada acarretando desarmonia.Entre as áreas mais trabalhadas as estatísticas arrolam a face, os braços, o abdômem, as costas, culotes, coxas, joelhos etc.

Por deixar cicatrizes bem inferiores às decorrrentes das cirurgias tradicionais, é a Lipo o complemento mais eficaz nas plásticas de Rejuvenescimento Facial, em geral redefinindo a linha mandibular, reabilitando o ângulo da juventude, entre o queixo e o pescoço,minimizando o excesso de gordura neste último.

Na plástica abdominal, a Lipo, além de modelar a cintura, extrai gordura na altura da boca do estômago, nos flancos e até nos culotes, a fim de harmonizá-los com as medidas da “nova cintura. “Evita, ainda, o prolongamento da cicatriz pelas laterais, reduzindo em muito o tamanho da marca final.
Alternativa cirúrgica das mais procuradas, a Lipoaspiração atinge resultados bastante naturais na medida em que, mediante a remoção de gorduras localizadas, aprimora a estética sem, contudo violentar a natureza anatômica do corpo.

O sucesso da Lipoaspiração se inicia no diálogo, franco, entre paciente e cirurgião, abordando detalhadamente as possibilidades de resultado. A harmonização das linhas do corpo e do rosto é a culminância de um processo que deve ser estimulado pelo sonho estético possível e realizado pelo realismo imprescindível.

 

RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS:

1. Em caso de uso de droga medicamentosa ou não (cigarro ou qualquer tipo de fumo), comunicar ao clínico cardiologista durante a avaliação do risco cirúrgico.

2. Levar os exames à Clínica para marcar a data da cirurgia e receber as instruções.

3. Se a cirurgia estiver marcada para às 8hs, fazer jejum de sólidose líquidos após as 22hs da noite anterior. Se for ocorrer depois das 13hs, o café da manhã terá de ser tomado até as 8hs, constando de 1 xícara de café, leite ou suco, e, no máximo, 2 bolachas.

4. Levar para a Clínica a relação dos medicamentos por ventura usados nos 7 dias anteriores à internação e, ainda, a medicação que acaso esteja usando sob autorização do clínico cardiologista.

5. Comprar um modelador de lycra cujo modelo será indicado conforme a região objeto da cirurgia. Este modelador poderá ser encomendado na própria Clínica. 6. Usar roupas largas após a cirurgia.

7. Programar as atividades sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar imprescindível a terceiros por um período de aproximadamente 2 semanas.

 

RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS:

1. O uso do modelador de lycra se inicia na sala de operação e perdura por um período médio de 30 a 60 dias.

2. O paciente ficará internado de 6hs à 24hs, dependendo da área operada.

3. Eventual ocorrência de leve desconforto ou dor será facilmente debelada com analgésicos e aplicações locais de gelo moído em saco plástico.

4. Um ou outro paciente poderá precisar de massagens, as quais serão orientadas na Clínica.

5. Na residência, o(a) paciente guardará repouso relativo por um período de 2 a 7 dias, podendo movimentar-se, caminhar e alimenta-se normalmente.

6. Voltar à Clínica, nos dias e horários marcados, para os necessários curativos.

7. O (a) paciente não deve de expôr por muito tempo ao sol (praia e piscina) durante um período aproximado de 30 dias. Mesmo à luz do dia e ainda que com o corpo inteiramente coberto, a presença de equimoses ou arroxeado requer o uso de filtros protetores, a fim de evitar a sua impregnação em manchas escuras.

8. Seguir rigorosamente a orientação médica para não fazer qualquer tipo de compressa, fria ou quente. Convém ter em mente que a pele do abdômen está insensível, o que aumenta perigosamente o risco de queimaduras graves.

9. Na maioria dos casos, o(a) paciente poderá reassumir as atividades escolares ou profissionais entre o segundo e o sétimo dia do pós-operatório.

10. Consulte sempre estas instruções, a fim de poder dar a sua imprescindível cota de participação na evolução pós-operatória.