Pernas

silicone-pernas

COXAS E PERNAS – Prótese de silicone para aumento e contorno.

O implante de silicone é indicado para corrigir as atrofias e hipotrofias musculares da região femural (coxa interna) e da face posterior da perna (panturrilha).
O fenômeno das chamadas pernas finas afeta a estrutura emocional, com consequências psicológicas, pois inibe o uso da saia curta e mulher alguma suporta escravizar- se por toda a vida ao uso de calças compridas. A cirurgia engrossa o perímetro da região em até 3 cm, resultando daí um contorno mais harmonioso na parte média da coxa e da perna. O volume ideal de pernas e coxas guarda harmonia natural. Deve ser preservado pelo planejamento cirúrgico.

O resultado definitivo, em termos de forma, consistência, volume, sensibilidade e cicatrização) somente será alcançado no chamado período tardio, entre o 3 e l2 mês, embora o esboço das novas formas já comece a se manifestar nos primeiros dias
do pós-operatório.

As cicatrizes são colocadas nos sulcos naturais da região, mimetizando-se ao nível da quase imperceptibilidade. Tendências à cicatrização hipertrófica ou ao quelóide são em boa parte previstas na primeira consulta e a ocorrência desses fenômenos é facilmente contornável com recursos clínicos e cirúrgicos.

A cirurgia dura em média 2 horas, o período de internação estende-se a 24 horas e os pontos são retirados ao aproximar-se o l5 dia.
É indolor o pós-operatório , bastando que se guarde obediência às recomendações médicas. Silicone líquido; seu uso está proibido pela SBPC desde l986, face à incidência de graves complicações, como infecção, endurecimento dos tecidos, embolia pulmonar, siliconoma, lesões hepáticas e até morte.

 

Procedimentos

  • Mamas
  • Nádegas
  • Pernas
  •